Como reconhecer um drone como ícone no monitoramento da segurança perimetral?



Quando se trata de proteção perimetral, muitos negócios já perceberam as vantagens do uso de drones na segurança, integrando os aparelhos às equipes de vigilância. Devido às imagens aéreas privilegiadas que proporcionam e aos alertas de intrusão, possível graças aos softwares de inteligência artificial, estas aeronaves se tornaram um ícone no monitoramento e nas rondas de segurança.

No entanto, existem diversos modelos de drones no mercado, mas nem todos são adequados para um projeto de segurança. Conheça as características que tornam um aparelho ideal para ser aplicado em rondas de vigilância!

Os principais modelos de drones

O voo dos drones pode ser controlado remotamente, por meio de um piloto, ou ocorrer de forma autônoma, a partir da configuração da rota por um software de automação. O formato das asas da aeronave também influencia o sobrevoo, existindo duas categorias:


Asa fixa: semelhantes a um avião, estes aparelhos voam muito rápido, sendo utilizados quando há a necessidade de percorrer áreas amplas.


Asa rotativa: parecidos com um helicóptero, esses equipamentos são capazes de pairar no ar, sendo muito recomendados em operações de proteção perimetral, pois, caso detectem alguma anormalidade, flutuam pela zona enviando imagens à central de vigilância.

Além disso, cada vez mais as tecnologias avançam e diversas soluções estão surgindo!

Veja mais no artigo Drones em ação: conheça as tendências no mercado.

A aplicação adequada ao projeto

Acima de tudo, a escolha do modelo de aeronave depende das especificidades de cada projeto, por exemplo: como é a rota que o drone vai seguir? Quais dificuldades do terreno devem ser superadas pelo equipamento? Quais as condições climáticas do local? Como funcionará a recarga de baterias? Sim, a escolha do drone ideal depende de uma combinação de fatores que precisam ser analisados atentamente.

O bom é que a Aeroscan, empresa especialista no uso de drones para segurança, realiza serviços de consultoria completos para indicar o melhor equipamento para a situação. Uma operação que esteja preocupada com incêndios, por exemplo, pode contar com drones com câmeras térmicas. Outra que necessite da comunicação do aparelho com humanos pode utilizar alto-falantes. Tudo é calculado pela equipe da Aeroscan.

A qualidade e manutenção da aeronave

Também existe outro ponto fundamental em qualquer projeto: a qualidade dos equipamentos. Quanto melhor, menores as chances de ele apresentar problemas e, dessa forma, ser um ícone no monitoramento. Ainda assim, as aeronaves estão expostas a diferentes condições climáticas (sol, chuva, vento, entre outras) e, de acordo com a rotina das rondas, operam sem interrupções. Por isso, o projeto deve considerar também a rede de manutenção dos aparelhos e, para isso, contar com um parceiro que se encarregue desta atividade.

A Aeroscan também garante a manutenção e a troca dos equipamentos que aluga. Se, mesmo assim, a empresa preferir optar pela compra das aeronaves, é importante que se atente a alguns fatores: é uma marca conhecida? Onde é possível encontrar assistência técnica? Existem peças de reposição no Brasil ou será preciso importar? Tudo deve ser colocado na ponta do lápis para a elaboração de um projeto eficiente.

Também preste atenção nestes fatores!

Não basta ter um drone e sair voando! O país conta com uma legislação que regulamenta o uso das aeronaves para evitar acidentes e inconvenientes. Os aparelhos ocupam espaço aéreo com aviões e helicópteros, além de percorrerem zonas com fiação e antenas, então todo cuidado é pouco. Tanto os drones quanto os seus operadores devem estar registrados em órgãos governamentais e possuir permissão de voo, bem como o perímetro onde será aplicada a operação precisa ser avaliado.

SAIBA MAIS: baixe o e-book exclusivo da Aeroscan “O que considerar para implementar um projeto de monitoramento de segurança por drone?” e fique por dentro do assunto!

A Aeroscan é ícone no monitoramento com drones

Nós, da Aeroscan, trabalhamos com uma gama variada de equipamentos de alta qualidade e ainda garantimos sua manutenção. Além disso, o software dos aparelhos, desenvolvido pela nossa própria empresa, engloba tecnologias avançadas que promovem automação e inteligência artificial ao drone a fim de otimizar qualquer estratégia de proteção perimetral. A parte de regulamentação das aeronaves também fica por nossa conta, bem como a elaboração completa do projeto.

Quer introduzir o uso de drones na segurança do seu negócio? A Aeroscan está aqui para ajudar! Com certeza eles serão um ícone no monitoramento e nas rondas de vigilância. Entre em contato!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Drones em ação: conheça as tendências no mercado

Segurança perimetral: por que fazer rondas com drones?

Mais uma conquista na legislação de drones