Postagens

Em destaque

Segurança com drones automatizados: como a LGPD se aplica?

Há muitos equívocos quando o assunto é supervisionar uma região usando a segurança com drones: como se aplica à LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), quais são as diretrizes impostas e quais as obrigações do contratante, operador e contratado pelo serviço de monitoramento aéreo. O uso de drones para fiscalizar um território é cada vez mais comum, muitas indústrias, condomínios e centros logísticos, optam por esse sistema tecnológico e avançado para garantir mais segurança em seu espaço, prevendo riscos, identificando ações suspeitas, e assim, tomando as medidas necessárias diante da situação. Para te ajudar, a Aeroscan, junto à Advogada especialista em LGPD, Mariana Meirelles, esclareceu as principais dúvidas e obrigações que devem ser seguidas na área: Como manter o uso de drones dentro da LGPD? Acesso de dados e informações Há muitos questionamentos sobre até onde imagens, dados e informações podem ser acessados, analisados e compartilhados, e quais são os riscos da empresa forneced

AS TENDÊNCIAS QUE TRADUZIMOS

Imagem
Predizer o que vai acontecer com boas chances de acerto é uma ciência. Um exercício constante de avaliação de cenários que se interligam. E definitivamente não é nossa especialidade. Mas uma coisa é certa, analisamos uma tecnologia, identificamos um mercado e cruzando as duas coisas percebemos que seria oportuno oferecer drones automatizados como serviço para o mercado de segurança. Foi uma decisão acertada. Ou seja, mais importante do que mapear e identificar uma tendência é entender o que fazer com ela em prol do seu negócio.  Então trazemos aqui temas e tecnologias que vem balizando algumas de nossas iniciativas e podem fazer sentido para o seu negócio também. Meio ambiente Ter uma ferramenta não poluente que pode ainda auxiliar na vigilância de regiões de difícil acesso sempre foi um diferencial dos drones. E nessa linha temos comprovado a aplicação no combate a incêndios. A prevenção é a medida mais eficaz contra as queimadas. Daí a importância das campanhas de conscientização. Ma

Sistema anti-drone: o que é e como pode impactar sua segurança?

Imagem
  Os drones têm muito a contribuir em diversos setores da sociedade. Na segurança perimetral , por exemplo, eles auxiliam as equipes de vigilância de diversos estabelecimentos com a sua agilidade na pronta resposta. No entanto, infelizmente, alguns criminosos também fazem o uso das aeronaves para fins desonestos e, com isso, surgiram tecnologias denominadas anti-drone para barrar essas ações maliciosas. Recentemente, esta discussão se popularizou, pois foram noticiadas nos meios de comunicação algumas técnicas de invasão por drone a presídios . Seu objetivo é entregar ilegalmente celulares, drogas e dinheiro a detentos por meio aéreo. Esses ataques se tornaram mais frequentes durante o isolamento social, quando as visitas presenciais foram interrompidas nas penitenciárias, dificultando a entrega dos objetos pelo portão de entrada. As autoridades, portanto, passaram a buscar soluções que interferissem nas ações das aeronaves criminosas. Mas será que essas tecnologias podem afetar o mon

Como reconhecer um drone como ícone no monitoramento da segurança perimetral?

Imagem
Quando se trata de proteção perimetral, muitos negócios já perceberam as vantagens do uso de drones na segurança, integrando os aparelhos às equipes de vigilância. Devido às imagens aéreas privilegiadas que proporcionam e aos alertas de intrusão, possível graças aos softwares de inteligência artificial , estas aeronaves se tornaram um ícone no monitoramento e nas rondas de segurança. No entanto, existem diversos modelos de drones no mercado, mas nem todos são adequados para um projeto de segurança. Conheça as características que tornam um aparelho ideal para ser aplicado em rondas de vigilância! Os principais modelos de drones O voo dos drones pode ser controlado remotamente, por meio de um piloto, ou ocorrer de forma autônoma, a partir da configuração da rota por um software de automação. O formato das asas da aeronave também influencia o sobrevoo, existindo duas categorias: Asa fixa: semelhantes a um avião, estes aparelhos voam muito rápido, sendo utilizados quando há a necessidade

O uso de drones na ronda de segurança em prevenção de incêndios

Imagem
  O uso de drones em rondas de segurança como suporte à equipe de vigilância está se mostrando cada vez mais eficiente e funcional. Além de identificar invasores no perímetro, os equipamentos também são fortes aliados na prevenção de incêndios florestais e no auxílio ao seu combate. Essa aplicação é muito útil aqui no Brasil, onde o clima seco e quente é propício ao início de queimadas que podem se tornar maiores se não forem descobertos a tempo. Por meio da assistência das aeronaves, esses incidentes são percebidos e localizados com maior rapidez, assim como a reação para apagá-los também é mais assertiva. Conheça algumas inovações tecnológicas que envolvem os drones na prevenção de incêndios e as vantagens de seu uso! Automação e inteligência artificial Os drones de vigilância da Aeroscan são equipados com um software de automação e inteligência artificial próprio da empresa, gerando rondas de segurança mais completas. A automação permite que as rotas dos voos sejam pré-definidas

Quem pode pilotar drones para segurança?

Imagem
  Estamos chegando à época de Natal e muitas pessoas têm em mente um presente para seus filhos, parceiros ou amigos: um drone. No entanto, vale sempre lembrar: drone não é brinquedo. Existem regras para o equipamento e seu voo, assim como é essencial a capacitação do piloto, visto que as aeronaves dividem espaço no céu com aviões, helicópteros, antenas e fiações, podendo provocar acidentes. Quando pensamos em seu uso profissional, como no serviço dos drones para a segurança perimetral e patrimonial , também é necessário estar atento a outras questões legislativas. O que um piloto de drone deve saber? Antes de tudo, um operador de drone precisa entender que existem limites de altura para os voos do aparelho, de maneira que cada tipo de aeronave sobrevoa por uma altura no céu. Dessa forma, o espaço aéreo é dividido em “faixas de voo” de acordo com a altitude e, por cada uma delas, um meio de transporte pode circular. Os aviões percorrem uma faixa diferente dos helicópteros que, por sua v

Como contratar o monitoramento de segurança por drones?

Imagem
  A fim de dar um salto na sua proteção perimetral, muitas empresas procuram a Aeroscan para a criação de um plano de monitoramento de segurança por drone completo. Um projeto desses, no entanto, não ocorre do dia para a noite, uma vez que cada detalhe faz a diferença até que os drones de vigilância operem com total eficiência. São necessárias algumas etapas até que o planejamento das rondas seja concluído e as aeronaves possam conquistar o céu. A boa notícia é que nossa equipe desenvolve o projeto com agilidade e ainda se encarrega do seu acompanhamento após a implementação. Convidamos você a conhecer melhor como funciona a contratação do nosso serviço de monitoramento de segurança por drones. 1. Análise de risco Em qualquer plano de segurança, é preciso que o empreendimento, antes de tudo, busque o serviço de uma empresa especializada em mapeamento de risco. Aqui, serão analisados os pontos críticos da proteção perimetral do estabelecimento e a real necessidade do uso de equipamentos