Alugar ou comprar drones?

 

Alugar ou comprar drones

qual a melhor opção? Para empresas de todos os setores, qualquer vantagem competitiva é necessária. Em certos casos, o aluguel de um sistema é a melhor opção, em outros, é adquiri-lo de maneira permanente. Basicamente, a decisão entre CAPEX e OPEX se difere na maneira de contratar e adquirir produtos e serviços, ou seja, categorização de despesas. Uma análise de custo-benefício resultará em um senso muito mais forte de qual opção se encaixa melhor, bem como onde e por quê.

 

Optar por alugar, ao invés de comprar drones, evita a descapitalização na compra de novos equipamentos para substituição dos anteriores. Vale a pena destacar que as despesas operacionais são dedutíveis de impostos no mesmo ano de sua realização. Além do ponto de vista administrativo e financeiro, outro aspecto a ser avaliado é o técnico. Alguns ambientes e estruturas podem ser altamente nocivos ao drone, por exemplo, um campo eletromagnético que possa desregular o compass e deixar o Drone desorientado. Assim como as torres de alta tensão e antenas de transmissão.

 

É comum as aeronaves ficarem expostas a intempéries, por isso, a limpeza da aeronave, da lente da câmera e até eventual substituição de peças é altamente recomendável de forma preventiva a fim de se evitar algum tipo de acidente. Outra questão a considerar, é o acesso ao Sistema Sarpas, do DECEA, para verificar a possibilidade de voo e sua respectiva aprovação. Procedimento esse que deve ser revalidado a cada quatro dias.

 

Quando comprar drones é a melhor opção?

 

Resumindo, para se optar por comprar drones como serviço, deve-se considerar o fluxo de caixa, os custos operacionais, uma eventual economia fiscal, a duração do seu projeto, o comprometimento e a capacidade de manutenção. Bem como procedimentos administrativos de rotas de voo, pois, afinal, você não quer ser multado, tampouco ter que acionar o seu seguro por inoperância de um colaborador.

 

De modo geral, se você está pensando na necessidade do equipamento em termos de anos, isso pode ser um indicador de que está se movendo em direção à compra. A menos, é claro, que terá pouco ou nenhum uso para a máquina após o projeto atual ou conjunto de trabalhos. Antes de se decidir se a sua realidade é mais adequada a alugar ou comprar drones, conheça outras questões!


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Segurança perimetral: por que fazer rondas com drones?

Drones na identificação e prevenção de queimadas e incêndios florestais