Em destaque

Como a inteligência artificial apoia o monitoramento de segurança por drone?

  Sejam estoques, centros de distribuição, fábricas, estacionamento de maquinários ou até mesmo condomínios residenciais, manter a segurança do patrimônio e das pessoas que por ali circulam é fundamental. Por isso, ao lado de uma equipe de vigilância bem treinada, a solução mais efetiva nos dias de hoje é o monitoramento de segurança por drones equipados com um software de inteligência artificial . Um exemplo de aplicação da Inteligência Artificial em drones é o uso que a Aeroscan ,   pioneira no Brasil e especialista em drones, faz de softwares próprios, desenvolvidos especificamente para esse fim. Com aparelhos que possuem uma plataforma de automação e inteligência artificial, a empresa oferece diversas oportunidades de aplicação, garantindo que seus clientes tenham seu patrimônio seguro e vigiado.  Venha conhecê-las! Como funciona o monitoramento de segurança por drone da Aeroscan? Os drones da Aeroscan são equipados com o software próprio que permite a automatização dos voos. Por

Segurança perimetral: por que fazer rondas com drones?

 

A segurança perimetral, em nível de excelência, é aquela que integra um projeto com variados recursos de detecção, devidamente incorporados e atuando simultaneamente. As rondas são uma importante tarefa desse tipo de projeto. São elas que garantem a vigilância do perímetro de forma preventiva, ampliando o raio de proteção e reduzindo os riscos de invasão.

Como qualquer processo, a ronda e, portanto, a segurança perimetral, vale a pena ser revisada para que entregue a melhor execução possível. Nesse contexto de melhoria focada em performance, pode-se considerar a inclusão de drones. Adicioná-los às inspeções diárias e noturnas fornece uma visão geral mais clara de qualquer perímetro patrulhado.

 

Segurança perimetral apoiada em drones

Comparando apenas a ronda, algumas plataformas permitem que o drone percorra uma rota pré-determinada, ou seja, um vôo automatizado onde são determinadas as coordenadas do perímetro a ser vigiado com o incremento, a cada waypoint, de uma ação diferente aplicada. Por exemplo, parar, diminuir a altitude ou rotacionar a câmera. Com uma frequência de rondas 24 horas e sete dias por semana, se for o caso.

Os benefícios da segurança perimetral, com o apoio de drones, ganham força quando incluímos nessa comparação a diminuição de exposição da equipe. Afinal, quem estará à frente no primeiro contato em uma situação de risco é o drone. Da mesma forma, com ele, simultaneamente é possível acompanhar as imagens de vídeo captadas ou acessá-las posteriormente. Nesse cenário, apenas após o claro entendimento de segurança que as decisões são tomadas. O que reflete em mais estratégia e qualidade de ação.

Explorando um pouco mais o tema dos drones aliados a segurança perimetral, quando leva-se em conta um trecho determinado do perímetro a ser vigiado, que tenha difícil acesso, por conta da topologia, vegetação, pouca luz ou qualquer outro obstáculo, o drone é capaz de facilitar a inspeção de áreas que de outra forma seriam difíceis de proteger e obter acesso. Ao empregar drones na segurança, rapidamente, voando em linha reta, o aparelho pode averiguar uma ocorrência e transmitir as imagens do local em tempo real.

Em alguns casos, essa escolha impacta até em uma redução de custos da atual operação de segurança, já que otimiza as tarefas no dia a dia. As soluções hoje disponíveis atendem aos mais diversos setores, otimizando as rondas perimetrais e elevando o padrão de segurança. Saiba mais!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Alugar ou comprar drones?

Drones na identificação e prevenção de queimadas e incêndios florestais