Drones para segurança e combate ao furto de cabos de fio de cobre

 




O uso de drone para segurança é amplo e comprovado na prática em inúmeras situações. Uma delas é no combate ao furto de cabos de fio de cobre. Situação comum e que costuma ser difícil de contornar.



Situação alarmante

O furto de fios de cobre é um tipo de crime que prejudica mais setores da vida cotidiana do que imaginamos. Por exemplo, atinge diretamente os serviços de fornecimento de energia, deixando postes sem luz, aumentando o congestionamento pela falha nos semáforos, atrapalhando a circulação de trens e até as telecomunicações, que podem ser cortadas.

A título de exemplo, só em São Paulo, no primeiro trimestre deste ano, o número de furtos e de vandalismo em equipamentos de trânsito subiu 91%. É urgente a implementação de uma estratégia proativa para detectar, relatar e interromper os furtos de fios de cobre, esta pode ser valiosa e mais barata do que arcar com todos os prejuízos listados.

Neste cenário, a utilização de drones para segurança em rondas de vigilância como suporte à equipe de monitoramento tem se mostrado cada vez mais eficiente e funcional. Já que pode identificar invasores no perímetro e facilitar a navegação na escuridão total em amplas áreas de busca. Os drones com câmeras térmicas, por sua vez, oferecem uma combinação de tempos de resposta rápidos, facilidade de uso e vigilância aérea persistente - tudo por uma fração do custo de um helicóptero.


Drones para segurança em áreas de concessão

Quando pensamos em torres de telefonia ou de transmissão de energia, devemos considerar que muitas delas estão instaladas em áreas de concessão ou servidão em que, para que uma equipe de segurança tenha acesso, é preciso autorização do dono da propriedade. Além disso, os terrenos podem ser irregulares e sinuosos.

Ao empregar drones para segurança, é possível averiguar uma ocorrência e transmitir as imagens do local em tempo real e em total segurança para a equipe de apoio. Por essa e muitas outras facilidades, os drones se tornam ferramentas primordiais, com capacidade de manobra e ótimas imagens aéreas, que economizam tempo e dinheiro.


O funcionamento de uma câmera térmica

Já as câmeras térmicas medem principalmente a temperatura da superfície de um objeto e são projetadas para detectar mudanças sutis. No entanto, espelhos, peças brilhantes e áreas altamente polidas refletem a radiação térmica e, portanto, não podem ser medidos com precisão por uma câmera térmica. Em vez disso, locais não reflexivos, como concreto, madeira e até mesmo humanos, têm um alto grau de emissividade. Sendo assim, podem ser medidos com mais precisão usando imagens térmicas.

O software de imagem térmica do drone oferece uma variedade de paletas de cores para escolher. Essas paletas geralmente variam de uma configuração de branco quente com itens quentes, exibidos em branco e itens mais frios exibidos em preto, até uma configuração de preto quente em que os padrões de cores são invertidos.

Outra paleta de cores comum é a configuração do arco-íris, que mostra o calor em uma variedade de cores com os itens mais quentes exibidos em vermelho, laranja ou amarelo, enquanto as temperaturas mais frias são exibidas em azul ou preto.


A Aeroscan é ícone no monitoramento de segurança por drone

Quer introduzir o uso de drones na segurança do seu negócio? A Aeroscan está aqui para ajudar!

Trabalhamos com uma gama variada de equipamentos de alta qualidade e ainda garantimos sua manutenção. Bem como, o software dos aparelhos, desenvolvido pela nossa própria empresa, que engloba tecnologias avançadas, promove automação e inteligência artificial ao drone a fim de otimizar qualquer estratégia de proteção perimetral.

A parte de regulamentação das aeronaves também fica por nossa conta, aliada, é claro, à elaboração completa do projeto. Entre em contato!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mais uma conquista na legislação de drones

Drones em ação: conheça as tendências no mercado

Segurança perimetral: por que fazer rondas com drones?